Nota:

sdfgh

Faltou luz aqui na rua hoje, então fui olhar as nuvens pela janela. Enquanto eu me distraia observando o vento passear sobre as árvores percebi que de repente a rua ficou mais movimentada. E por alguns minutos as pessoas pararam de se comunicar através de cabos e fios elétricos.

Anúncios

Fabiana e suas Luas

262434_236054466434966_175819222458491_694247_859688_n_large

Subi ladeiras correndo
Nadei pelada em um rio coberto de gelo
Vomitei em estranhos
Saboreei sentimentos alheios

Senti a brisa do vento
Pisei em corações
Falei mais alto
E ri dos teus sermões

Fui santa aos teus olhos
Tua amante preferida
Fui para muitos uma vergonha
Mas nunca fui esquecida

Fui tua, fui deles
Fui e voltei mais cedo
Beijei corpos suados
Gemi ouvindo segredos

Morri de amores
Fugi pela contramão
Me libertei
Voei sem direção
Fui da vida
E me atirei no seu colchão

Fiquei por cima
Me rastejei pelo chão
Fiquei na sua
Ouvi rumores com um drinque na mão

Brinde comigo
Ou fuja pelo caminho mais perto
Descubra-me se for capaz
Você costumava ser esperto

Dormi…

Dormi…

Dormi…

Fumei cigarros e pessoas
Olhei o céu estrelado com um desconhecido
Corri a noite na areia da praia
Sussurrei no seu ouvido

Sorri de piadas sem graça.
Chorei pela falta dos cigarros.
De salto ou descalça
Eu feri e machuquei.
Fui usada
E ousei

Abusei da sua boa vontade.
Eu me entreguei a tudo isso.
Não quero ser deles e nem sua.
Sou feita do agora
E de luas