Ser

dfdsa

Dar o primeiro passo para o desconhecido não é uma tarefa fácil,
Nunca se sabe o que pode acontecer no caminho.
Mas é preciso ser ágil
E seguir o seu próprio destino.

Se trancar em uma bolha parece seguro,
A vida é tão agradável por um certo tempo.
De repente ela estoura e tudo se torna obscuro,
E eu fico perdida no meio do espaço-tempo.

Perdida no meio de medos e inseguranças
Que invadem o meu corpo por severos dias.
A mente sussurra palavras de confiança
E eu escuto achando que estou sendo bem acolhida.

Tudo é tão confuso e incerto.

Mas lá fora o sol possui raios tão bonitos,
E a grama encanta os olhos com o seu verde cor de relva.
Porém se desprender da mente consiste em um grande conflito.
É como sair de um labirinto no meio da selva.

Todos possuem livre-arbítrio, mas poucos sabem usar da maneira correta!
Qual seria a melhor escolha?

Saí querendo me encontrar.
Fui em busca do autoconhecimento.
Sabendo que não seria uma escolha fácil,
Ainda permaneço em andamento…

Anúncios

Existência

Desaparecer, sumir, ausentar
Apenas no meu próprio silêncio quero me encontrar
Ser, experimentar, voar
Abrir os olhos e no azul do céu viajar

Correr com os pés no chão vivo
Sentindo no rosto o vento forte.
E que os bons ventos possam trazer o infinito
Com uma pitada de boa sorte

Muitas vezes me deixei afogar no fundo de uma piscina,
Porque nela encontrava o silêncio que eu precisava.
Caminhei sobre folhas secas e finas,
Pois elas faziam um barulhinho que eu adorava.

Sentir com lucidez poucos conseguem
É muito mais fácil perder-se