Relato de um pescador

Eu vivi em uma São Luís
Cheia de raças e belas casas.
E afundado em minha poltrona
Lembro dos dias em que caminhei por ela
Com as minhas próprias asas

Anúncios

Desabafo

tumblr_mkvoo5RzGX1rhjxypo1_500_large

Vomito palavras todos os dias
Tentando dizer algo prudente,
Mas essas palavras só se perdem
Dentro da minha mente

Para sair da rotina,
Desapego das distrações,
Talvez encontre saída
Em outras esquinas
Ou em outros sertões

Guardo poemas antigos
Em gavetas empoeiradas,
E te levo comigo
Em toda minha caminhada

Dessas terras sem dono
Sigo vagando moinhos
De esquina em esquina,
Vou traçando caminhos