Desabafo matinal

 

large (1)Você aí tão distraído,
Pronto para o seu futuro brilhante.
Aproveitando os dias com toda calma,
todo confiante.
Sente-se aqui, amigo,
Só não pergunte sobre a minha vida entediante.
De uns tempos para cá
Ando meio inquieta,
Tem sido difícil ser poeta.
Sobre o viver, meu caro,
Aprenda que amar 
É abismo e coisa certa.

 

Anúncios