O conceito de belo

largePor: Uma Brisa Solitária
Sou fascinada pelos romances alheios. É como se a felicidade deles deixasse um dia nublado menos cinza e fizesse o sol inundar a cidade com seus raios alaranjados, para o dia não ousar-se a ser chuvoso. Isso é ser belo! Porque o verdadeiro belo não suplica por atenção.

Anúncios

Vez uma era

Era uma vez ele
E dele era uma vez
Era uma vez um tímido
Um tímido assustado era
Era um, era

Era ele que me esqueceu
Que me esqueceu com poucas palavras
Com poucas me deixou palavras
Com o silêncio me deixou
Era uma vez eu deixada

Era uma vez ele
Ele que andava com passos pequenos
Com passos amargos
Amargos como seu sorriso
Sorriso amável esse
Esse sorriso

Doce era uma vez
Vez que logo esqueci
Esqueci dos seus cabelos
Cabelos negros
Negros os cabelos que sua mão alisava
Mãos pálidas as que alisavam
Mãos que alisam outras

Era uma vez
Uma vez que já não é mais, era
Era belo e feio
Era alegre e chato
Era e era
Do que importa? Já era.